RILKE

Ivo Müller pesquisa obra de Rainer Maria Rilke há mais de 10 anos e criou um solo que retrata o período de reclusão de um dos maiores escritores do século XX. O espetáculo tem direção de Arieta Corrêa e o público pode adquirir ingressos para apoiar o projeto no Sympla (https://www.sympla.com.br/rilke) com valores a partir de R$ 15. As apresentações da nova temporada digital acontecem por meio de lives em perfis culturais no Instagram:

Na peça RILKE, em um mundo dominado por ruídos, um homem busca o silêncio, essencial para conversar com deuses e anjos.A peça aborda o universo de um escritor que tenta produzir alguma obra artística, mas há cerca de um ano só consegue escrever cartas. É uma peça que mostra as reflexões trazidas pelo escritor sobre a solidão, a necessidade da reconexão do homem com a natureza e que caminhos seguir diante de um cenário de dúvidas e incertezas, questões que atingem diretamente o espectador de hoje. 

A montagem faz parte de uma pesquisa de mais de dez anos sobre a obra do poeta, passou pela Biblioteca Mario de Andrade e Sesc Pinheiros. Inclusive, em 2010, Müller estreou o monólogo Cartas a um Jovem Poeta, que também se passava no universo do escritor. A obra de Rilke é uma das mais traduzidas, lidas e admiradas, em especial as Cartas a um Jovem Poeta. Nascido em Praga, em 1875, passou a assinar Rainer por influência da poeta e escritora russa Lou Andreas-Salomé, de quem foi amante (também amiga de Nietzsche e discípula de Freud).

Foi secretário particular do escultor Auguste Rodin, sobre quem escreveu um livro. Morreu em 1926, na Suíça, vítima de uma leucemia. Não há provavelmente outro autor que tenha deixado um rastro tão minucioso de sua vida como Rilke, não só em verso e prosa, mas principalmente na extensa obra epistolar: estima-se que tenha escrito cerca de onze mil cartas.

“A peça conversa com o que estamos passando. Rilke se isolava para escrever, mas se comunicava muito pelas suas cartas. É o que todos têm feito via internet durante a pandemia. A solidão era importante, uma oportunidade de olhar para si mesmo, tentar se entender e sair mais forte, buscar fonte de criação. A peça também traz esperança, a arte também tem esse papel, mais uma de suas qualidades diante da atmosfera atual”, conta Müller.

Cultura na Pandemia

Durante o início da pandemia, Ivo Müller chegou a estar com duas peças simultaneamente, além da primeira temporada online de Rilke, o ator era um dos destaques de Cajas Chinas, produção argentina, que foi concebida diretamente para a plataforma Zoom. A trama contava com dramaturgia e direção de Kris Niklison e trazia uma experiência virtual que flertava com cinema e teatro. A trama acontecia a partir de um roubo ocorrido sem deixar nenhuma pista.

Ivo Müller está em um momento com diversos trabalhos em andamento, inclusive nas plataformas de streamings. Hebe – A Série está disponível no Globo Play e virou minissérie na TV Globo (Interpreta Carlucho, cabeleireiro da apresentadora); sua atuação em Tabu, filme de Miguel Gomes, pode ser vista no Mubi e Itunes.

Além disso, dois projetos estão paralisados devido ao Covid-19. A série O Anjo de Hamburgo, da TV Globo e Sony Entertainment Television, que está em processo de gravação. Já o documentário Cine Marrocos, de Ricardo Calil (Vencedor do Festival É Tudo Verdade 2019), deve ganhar uma data de lançamento após a pandemia. No projeto, Müller realizou a preparação do elenco formado por moradores da ocupação do antigo Cine Marrocos. 

SERVIÇO:

RILKE

*Ingressos no https://www.sympla.com.br/rilke.  (A partir de R$ 15)

FICHA TÉCNICA:

Elenco: Ivo Müller. Direção: Arieta Corrêa. Duração: 40 minutos. Recomendação etária: 12 anos.

https://www.instagram.com/ivoomuller /,

www.ivomuller.com

www.vimeo.com/ivomuller

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s